Tratamentos

A equipe multidisciplinar da Clínica Vidar trabalha sempre com dois objetivos: a saúde e o bem-estar do paciente.

Para indicações de cirurgia bariátrica, a equipe conta com cirurgião, endocrinologista, psicóloga, nutricionista, cirurgião plástico e clínico geral. No tratamento do câncer, cirurgiões especializados na cirurgia do câncer trabalham com uma completa equipe de apoio. Para os demais tratamentos, diferentes especialistas entram em ação para obter o melhor resultado clínico para o paciente.

Cirúrgicos

Bariátrica e Metabólica

Gastroplastia, também chamada de Cirurgia Bariátrica, Cirurgia da Obesidade ou ainda de Cirurgia de redução do estômago, é, literalmente, a plástica do estômago (gastro = estômago, plastia = plástica) que tem como o objetivo reduzir o peso de pessoas com o IMC muito elevado.

Fígado, Pâncreas e Vias Biliares

Esta é uma das especialidades que mais evolui na medicina nos últimos anos, possibilitando a abordagem muito mais efetiva das doenças benignas e malignas do Fígado, Pâncreas e Vias Biliares. A Clínica Vidar oferece aos seus pacientes todos os avanços e as últimas novidades para diagnóstico e tratamento destas doenças.

Oncológica

cancerologia ou cancrologia, também chamada de oncologia, é a especialidade médica que estuda os cancros (tumores malignos) e a forma de como essas doenças se desenvolvem no organismo, procurando seu tratamento.

Pedra na Vesícula

Colelitíase ou pedra na vesícula é a presença de cálculos na vesícula biliarEsses cristais ou cálculos podem ocorrer em diversas porções do trato biliar, como o ducto colédoco (causando Coledocolitíase) e a vesícula biliar. Os cristais podem obstruir o trato biliar, causando icterícia, e o ducto pancreático, levando à pancreatite. A colelitíase se trata especificamente da formação desses cristais na vesícula biliar.

Refluxo Gastroesofágico

doença de refluxo gastroesofágico(DRGE) é uma condição crónica em que o conteúdo do estômago regressa ao esófago, causando sintomas ou complicações.[1][2]Os sintomas mais comuns são sabor a ácido na parte de trás da boca, aziamau hálitodor torácicavómitos, dificuldade em respirar e desgaste dos dentes.[1] As possíveis complicações incluem esofagiteobstrução do esófago e esófago de Barrett.[1]

Endometriose

Endometriose (de endo-, dentro; -metri- = útero; -ose = condição ou doença) é uma doença feminina caracterizada pelo crescimento de tecido endometrial fora do útero.[1][2] Seus principais sintomas são dor pélvica e infertilidade, quase metade da mulheres acometidas tem dor pélvica crônica, enquanto em 70% a dor ocorre durante a menstruação. Dor durante o sexo também é comum e a infertilidade ocorre em até metade das pessoas.[3] A endometriose pode ter efeitos sociais e psicológicos.[4] Os sintomas menos comuns incluem sintomas urinários ou intestinais e cerca de 25% das mulheres não apresentam sintomas.[3]

Hérnia de Parede Abdominal

Hérnia é um tumor mole formado pela saída anormal de parte do tecido de um órgãoatravés de uma rotura da membrana da cavidade que o envolve.[1] Existem diferentes tipos de hérnias.[2] A maior parte situa-se no abdómen, particularmente na virilha.[2] As hérnias da virilha mais comuns são inguinais, embora também possam ser femorais.[1] Entre outros tipos de hérnias estão hérnias umbilicaisdo hiato esofágicoincisionais.

Cirurgias de urgência
Plástica e Estética Reparadora

cirurgia plástica tem por objetivo a reconstituição de uma parte do corpo humano por razões médicas ou estéticas.

A cirurgia plástica se desenvolve sob duas facetas: a cirurgia plástica reparadora e a cirurgia plástica estética.

A cirurgia plástica reparadora tem como objetivo corrigir lesões deformantes, defeitos congênitos ou adquiridos. É considerada tão necessária quanto qualquer outra intervenção cirúrgica.

Cabeça e Pescoço
Tumor de Pele
Tumor de pele

Quatro melanomas (esquerda) e quatro nevos (direita). Melanomas são diferenciados pelo ABCDE: Assimétricos, com Bordas irregulares, Coloração variada, Diâmetro maior que 6mm e Evolução (podem crescer, coçar, mudar de cor e sangrar).

Classificação e recursos externos
CID-10 L57.0L82.0 e L92.0
CID-9 702.0
DiseasesDB 29438
MedlinePlus 000827
MeSH D055623
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico

Tumores de peleneoplasias cutâneas ou neoplasias dermatológicas são crescimentos anormais das células da pele que podem ser benignos (inofensivos), pré-malignos (podem se tornar malignos) ou malignos (câncer de pele). Os tumores cutâneos tornam-se extremamente comuns à medida que as pessoas envelhecem, frequentemente relacionados com exposição prolongada ao sol, ao tabagismo, infecções (HPVestreptococoseHIV...) , exposição a cancerígenos e predisposição genética.[1]

Pequenos procedimentos ambulatoriais

Clínicos

Clínica geral
Endocrinologista

Endocrinologia é uma especialidade médica que estuda as ordens do sistema endócrino e suas secreções específicas, chamadas de secreções fisiológicas.

As principais áreas de atuação do especialista, que é denominado endocrinologista, são: o tratamento do câncer, da obesidade mórbida, desordens da glândula hipófise, alterações do ciclo menstrual, tratamento e acompanhamento de pacientes diabéticos e outras doenças relacionadas com a deficiência ou o excesso de suco gástrico.

A endocrinologia possui vários ramos de estudo, como a neuroendocrinologia, tireoide, obesidade e diabetes, adrenais, endocrinologia feminina e masculina, metabolismo dos carboidratos, lipídios e proteínas, tumores neuroendócrinos e síndromes poliglandulares.

Diabetes
Diabetes mellitus

Círculo azul, símbolo universal da diabetes

Especialidade Endocrinologia
Sintomas Micção frequentesede excessivafome excessiva[1]
Complicações Cetoacidose diabéticacoma hiperosmolar hiperglicémicodoenças cardiovascularesacidente vascular cerebraldoença renal crónicaúlceras no pé[2][1]
Tipos Diabetes do tipo 1diabetes do tipo 2
Método de diagnóstico Níveis elevados de glicose no sangue[1]
Tratamento Dieta saudável, exercício físico[1]
Medicação Insulinametformina[1][3]
Frequência 415 milhões (8,5%)[4][1]
Mortes 1,5–5 milhões/ano[5][4]
Classificação e recursos externos
CID-10 E10 — E14
CID-9 250
MedlinePlus 001214
eMedicine med/546 emerg/134
MeSH C18.452.394.750
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico

Diabetes mellitus, ou simplesmente diabetes, é um grupo de doenças metabólicas em que se verificam níveis elevados de glicose no sangue durante um longo intervalo de tempo.[6] Os sintomas da elevada quantidade de glicose incluem necessidade frequente de urinar e aumento da sede e da fome. Quando não é tratada, a diabetes pode causar várias complicações.[1] Entre as complicações agudas estão a cetoacidosecoma hiperosmolar hiperglicémico ou morte.[7]Entre as complicações a longo prazo estão doenças cardiovascularesacidentes vasculares cerebraisdoença renal crónicaúlceras no pé e retinopatia diabética.[1]

Hipertensão e colesterol

Hipertensão arterial é uma doença crónicaem que a pressão sanguínea nas artérias se encontra constantemente elevada.[10] A doença geralmente não causa sintomas.[1]No entanto, a longo prazo é um dos principais fatores de risco para uma série de doenças graves como a doença arterial coronáriaacidente vascular cerebralinsuficiência cardíacadoença arterial periféricaincapacidade visualdoença renal crónica e demência.[2][3][4]

Tratamento da obesidade (perda de peso e manutenção a longo prazo)
Atendimento pré e pós-cirúrgico ao paciente bariátrico
Doenças da tireoide

Hipertiroidismo: A produção excessiva da hormona tiroideia (tirotoxicose) causa nervosismo, palpitações, taquicardia, fraqueza muscular, fadiga, perda de peso com manutenção do apetite, transpiração excessiva, intolerância ao calor e labilidade emocional. Os folículos hiperactivos crescem devido ao aumento da altura do epitélio folicular e ao aumento dos depósitos de tiroglobulina. Estas alterações causam um edema da tiroide conhecido como bócio.

Hipotiroidismo: É denominado "cretinismo" na criança e "mixedema" no adulto. Provoca má utilização da glicose. Os seus sintomas incluem letargia, intolerância ao frio, capacidades intelectuais e motoras lentificadas,[necessário esclarecer] acumulação de glicosaminoglicanos na derme (com consequente inchaço) e, por vezes, aumento de peso. Uma vez que o iodo é necessário para uma função tiroideia normal, as dietas deficientes em iodo reduzem a produção funcional de tiroxina e, muitas vezes, estão por detrás do cretinismo ou mixedema. Uma vez que a tiroxina não iodada, produzida devido à ausência de iodo, não permite feedback negativo na produção de TSH, o aumento do tamanho folicular e o bócio podem acompanhar este tipo de hipotiroidismo.

Osteoporose e saúde óssea
Osteoporose

Ficar corcunda é um sintoma típico da osteoporose das vértebras.

Especialidade endocrinologia
Classificação e recursos externos
CID-10 M80-M82
CID-9 733.0
OMIM 166710
MedlinePlus 000360
eMedicine med/1693 ped/1683 pmr/94pmr/95
MeSH D010024
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico

Osteoporose é uma doença em que a degradação estrutural e a diminuição da densidade mineral dos ossos aumentam o risco de fraturas ósseas. É a causa mais comum de fraturas em idosos.[1] Entre os ossos que se fraturam com maior frequência estão as vértebras, os ossos do antebraço e a anca.[2] A doença geralmente não manifesta sintomas até à ocorrência de uma fratura. Os ossos podem tornar-se de tal forma frágeis que se fraturam espontaneamente ou à mínima pressão.[1]

Neuroendocrinologia e hipófise

Neuroendocrinologia é a ciência que estuda as interações do sistema nervoso e sistema endócrino. Incluindo as características biológicas das células envolvidas e como elas se comunicam entre si. O sistema nervoso e endócrino funcionam muitas vezes em conjunto num processo chamado de integração neuroendócrino para regular os processos fisiológicos do corpo humano.

Síndrome de ovários policísticos

Síndrome do Ovário Policístico (SOP), também conhecida como “síndrome de Stein-Leventhal”, “doença cística do ovário”, “anovulação crônica hiperandrogênica”[1] e "Polycystic Ovary Syndrome" (em inglês, sendo igualmente referida, neste idioma, pela sigla PCOS), vem a ser uma grave e crônica (e até o presente momento incurável) endocrinopatia muito frequente entre as mulheres.

 

Diabetes gestacional

Diabetes gestacional ou diabetes na gravidez é a a condição em que uma mulher sem diabetes apresenta níveis elevados de glicose no sangue durante a gravidez.[2]Geralmente a mulher ela é diagnosticada no princípio da gravidez e o diabetes acaba desaparecendo após o nascimento da criança. A diabetes gestacional geralmente manifesta poucos sintomas. No entanto, aumenta o risco de pré-eclampsiadepressão e necessidade de uma cesariana.

Adrenal ou Suprarrenal
Reposição hormonal

terapia de reposição hormonal ou terapia de substituição hormonal é a administração de hormônios para vários fins terapêuticos.

Transtornos alimentares (anorexia e bulimia)

disfunção alimentar ou transtorno alimentar (TA), é um transtorno mental que se define por padrão de comportamentos alimentares desviantes que afeta negativamente a saúde física ou mental do indivíduo.[1] São considerados como patologias e descritos detalhadamente pelo CID 10DSM IV e pela OMS. Incluem transtorno de compulsão alimentar periódicaem que as pessoas ingerem uma grande quantidade de alimentos num curto período de tempo; anorexia nervosa, em que as pessoas comem muito pouco e, portanto, têm um baixo peso corporalbulimia nervosa, em que as pessoas comem muito e, em seguida, tentam livrar-se da comida; pica, em que as pessoas comem produtos não-alimentares; transtorno de ruminação, em que as pessoas regurgitam o alimento; transtorno alimentar restritivo evitativo em que as pessoas possuem falta de interesse por comida; e um grupo de outros distúrbios alimentares específicos e outros distúrbios alimentares não-específicos.[1] Os transtornos de ansiedadedepressão e abuso de substâncias são comuns entre as pessoas com transtorno alimentar.[2] Esses distúrbios não estão associados à obesidade.[1]

Fale conosco

Endereço: R. Armando Odebrecht, 70 - Salas 1207 e 802 - Garcia, Blumenau - SC, 89020-403
Telefone: (47) 3322-1740 | (47) 3037-2807